AS MAIS LIDAS DA SEMANA

AS MAIS LIDAS DA SEMANA
AS MAIS LIDAS DA SEMANA

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O NOVO AMANHECER


              Quantas vezes você já indagou acerca de atitudes suas que são meras ações inconscientes? E se assim fez, de forma consciente, quais as suas convicções com essas mensagens? O grande significado para essas perguntas é avaliar até que ponto estamos simplesmente sendo levados pela onda ou navegando c
omo timoneiro do nosso destino. É baseado no fato de que o povo age sem pensar que nos são impostas tantas obrigações que não fazem sentido e nos levam a agir de forma conveniente para terceiros e não para nós.
            Tomar líquidos durante as refeições, por exemplo, só causa má digestão, no entanto isso é muito comum devido às propagandas que mostram o uso de refrigerantes em lanches e refeições; o hábito de acelerar o carro antes de desligar a chave chegou até nós pelos nossos antepassados que utilizavam carros com tecnologia completamente obsoleta nos dias de hoje; não tomar banho após as refeições – para evitar “derrame cerebral”– mal que acontecia por coincidência; não comer por estar com diarreia, quando o bom alimento não causaria piora; constituem, junto a milhares de outras atitudes, mitos que devem ser destruídos.
            Propagandas do governo ou mesmo de empresas nos redirecionam para um fato de pouca importância com o intuito de esconder o nosso questionamento possível, se a nossa atenção não fosse desviada. Como por exemplo, não dar segurança a você de quem vai ser contemplado com seu voto, em troca  da segurança de que é você quem está votando (voto biométrico); mostrar mesmo tamanho do rolo de papel higiênico e fazer o carretel interno com maior circunferência e consequente menor comprimento do papel (pagando-se o mesmo preço); citar o preço anterior (falso) de um produto e dar desconto que, às vezes, torna o produto mais caro do que o preço justo sem desconto.
            Outras falsidades impostas são baseadas em fatos científicos distorcidos, pois não sendo do saber público, facilmente são admitidos como verdadeiros e ainda produzem provas para as mentiras que desejam que sejam acreditadas por você.  Cada vez que formos impelidos a executar uma atitude por propaganda ou por herança dos nossos ancestrais, devemos sempre analisar se os benefícios recebidos por essa ação serão nossos ou se estaremos nos esforçando em vantagem de terceiros que nos induziram ao feito em benefício próprio ou de outros. Muitos se aproveitam baseados na falta de atenção e de atualização dos conceitos nos dias de hoje.























Nenhum comentário:

Postar um comentário